Artur Clemente

Nas palestras que o ClubeGP ministra ou participa, sempre sou procurado com a seguinte pergunta: Qual o melhor caminho para ser um gerente de projetos?

Bem, essa é uma pergunta que precisa ser respondida inicialmente com um frase que virou chavão de mercado.

 – O mercado é um campo de batalha onde somente os mais qualificados terão o êxito sonhado. 

 

Autor: Artur Clemente

Diretor do ClubeGP

 

Porém tal êxito exige além de capacitação, uma real visão do que é, no caso, ser um gerente de projetos, sua importância, suas muitas responsabilidades e habilidades necessárias para tal e isso só começa a acontecer quando há a participação em palestras e seminários sobre o assunto e assim assimilar se é mesmo o mundo que se quer, pois ser um gerente de projetos requer postura, tomadas de decisão, senso de equipe, visão de causa e conseqüência, análise da situação atual e cenário pretendido entre outras coisas.

No Gerenciamento de Projetos, além dos conhecimentos das ferramentas que instituições como PMI – Project Mangement Project apresenta em sua área de conhecimento que chamamos PMBOK, é extremamente importante entender outros aspectos, e se fazer algumas perguntas: Eu sou um líder ou posso me tornar um? Eu me relaciono facilmente com as pessoas? Eu tenho boa comunicação? Gosto de negociação? Eu sou flexível? Se responder a maioria com um sim e se o assunto referente ao GP te estimula, você está com a maior parte do caminho percorrido e agora só precisa se especializar.

 Depois, e até durante sua graduação você pode iniciar cursos sobre o assunto que fomente assim ao seu objetivo. Exemplo: curso de introdução em gerenciamento de projetos é um bom passo, pois nele você terá uma visão básica das ferramentas e responsabilidade da profissão. Em um segundo passo, se você trabalha já participando de projetos, de certo vai poder entender melhor cada etapa desse projeto e os possíveis recursos e ferramentas adicionais que podem e dever ser usadas buscando um melhor resultado. Mas se você não trabalha no ramo a dica, é participar dos chapters do PMI como voluntário onde vai participar de projetos aplicando a área de conhecimento fornecida pelo PMBOK e ainda vai somar como experiência para o futuro caso a certificação seja o caminho escolhido, que conversaremos mais tarde.

 Para se capacitar em gerenciamento de projetos existem algumas opções:

 1. Para obter um resultado mais imediato, fazer um curso de Capacitação em Gerenciamento de Projetos passando por todas as áreas de competência, como escopo, tempo, custo, qualidade, recursos humanos, aquisições, comunicações, risco e finalmente integração.

2. Nessa segunda opção, e após terminar o curso de graduação, partir para uma Pós-graduação em GP, que tem uma carga horária de 370 horas.

3. Se você já concluiu sua graduação e tem algo como dois anos em participação em projetos, sugiro um MBA em Gerenciamento de Projetos que é um curso que o principal é a troca de experiências.

 Segundo o professor Dalton Louzada (colaborador do Clube GP) o gerente de projetos é a pessoa responsável pelo atendimento dos objetivos do projeto. É aquele(a) que trabalha em interação permanente com todas as áreas funcionais envolvidas no empreendimento e passa a maior parte do tempo comunicando, liderando, negociando, resolvendo problemas e influenciando a organização para desempenhar as atividades necessárias para entregar o serviço ou produto final para o cliente.

 Para o professor existem duas formas, não necessáriamente distintas e sim complementares, de atingir esse objetivo:

 1. Você implesmente começa a desempenhar a função. Não existe aquele momento em que alguém vai lhe nomear "Gerente de Projetos" e no dia seguinte você passar a ter responsabilidades inteiramente novas. Quando a Alta-Administração perceber que você está liderando uma reunião de planejamento e tomando a iniciativa de coordenar a execução de um empreendimento eles vão lhe promover para o cargo. Tente começar como assistente de algum gerente de projeto. Depois de algum tempo, peça pra ele te recomendar para coordenar algum projeto novo e de pequeno porte.

 2. Você se credencia. Faça os cursos do Clube GP, assista as palestras e obtenha certificação do PMI. Depois mostre para a Alta-Administração suas novas credenciais e peça para gerenciar um  projeto pequeno e com pouca importância estratégica. Se você se sair bem, certamente irá receber projetos maiores e mais importantes.

 Porém tal êxito exige além de capacitação, uma real visão do que é, no caso, ser um gerente de projetos, sua importância, suas muitas responsabilidades e habilidades necessárias para tal e isso só começa a acontecer quando há a participação em palestras e seminários sobre o assunto e assim assimilar se é mesmo o mundo que se quer, pois ser um gerente de projetos requer postura, tomadas de decisão, senso de equipe, visão de causa e conseqüência, análise da situação atual e cenário pretendido entre outras coisas.

 

No Gerenciamento de Projetos, além dos conhecimentos das ferramentas que instituições como PMI – Project Mangement Project apresenta em sua área de conhecimento que chamamos PMBOK, é extremamente importante entender outros aspectos, e se fazer algumas perguntas: Eu sou um líder ou posso me tornar um? Eu me relaciono facilmente com as pessoas? Eu tenho boa comunicação? Gosto de negociação? Eu sou flexível? Se responder a maioria com um sim e se o assunto referente ao GP te estimula, você está com a maior parte do caminho percorrido e agora só precisa se especializar.

 

 Depois, e até durante sua graduação você pode iniciar cursos sobre o assunto que fomente assim ao seu objetivo. Exemplo: curso de introdução em gerenciamento de projetos é um bom passo, pois nele você terá uma visão básica das ferramentas e responsabilidade da profissão. Em um segundo passo, se você trabalha já participando de projetos, de certo vai poder entender melhor cada etapa desse projeto e os possíveis recursos e ferramentas adicionais que podem e dever ser usadas buscando um melhor resultado. Mas se você não trabalha no ramo a dica, é participar dos chapters do PMI como voluntário onde vai participar de projetos aplicando a área de conhecimento fornecida pelo PMBOK e ainda vai somar como experiência para o futuro caso a certificação seja o caminho escolhido, que conversaremos mais tarde.

 

 Para se capacitar em gerenciamento de projetos existem algumas opções:

 

 1. Para obter um resultado mais imediato, fazer um curso de Capacitação em Gerenciamento de Projetos passando por todas as áreas de competência, como escopo, tempo, custo, qualidade, recursos humanos, aquisições, comunicações, risco e finalmente integração.

2. Nessa segunda opção, e após terminar o curso de graduação, partir para uma Pós-graduação em GP, que tem uma carga horária de 370 horas.

3. Se você já concluiu sua graduação e tem algo como dois anos em participação em projetos, sugiro um MBA em Gerenciamento de Projetos que é um curso que o principal é a troca de experiências.

 

 Segundo o professor Dalton Louzada (colaborador do Clube GP) o gerente de projetos é a pessoa responsável pelo atendimento dos objetivos do projeto. É aquele(a) que trabalha em interação permanente com todas as áreas funcionais envolvidas no empreendimento e passa a maior parte do tempo comunicando, liderando, negociando, resolvendo problemas e influenciando a organização para desempenhar as atividades necessárias para entregar o serviço ou produto final para o cliente.

 

 Para o professor existem duas formas, não necessáriamente distintas e sim complementares, de atingir esse objetivo:

 

 1. Você simplesmente começa a desempenhar a função. Não existe aquele momento em que alguém vai lhe nomear "Gerente de Projetos" e no dia seguinte você passar a ter responsabilidades inteiramente novas. Quando a Alta-Administração perceber que você está liderando uma reunião de planejamento e tomando a iniciativa de coordenar a execução de um empreendimento eles vão lhe promover para o cargo. Tente começar como assistente de algum gerente de projeto. Depois de algum tempo, peça pra ele te recomendar para coordenar algum projeto novo e de pequeno porte.

 

 2. Você se credencia. Faça os cursos do Clube GP, assista as palestras e obtenha certificação do PMI. Depois mostre para a Alta-Administração suas novas credenciais e peça para gerenciar um  projeto pequeno e com pouca importância estratégica. Se você se sair bem, certamente irá receber projetos maiores e mais importantes.

 

 Bem, uma pergunta que sempre fica: Qual a diferença entre Pós-Graduação (Pós lato sensu) e MBA (do inglês Master in Business Administration, ou mestre em administração de empresas)?

Pesquisando a melhor definição encontrei na Carreiras - empregos.com.br  um material muito bom sobre o assunto que vale a pena ler.

 

 Qual a diferença entre um curso de MBA e uma pós-graduação latu sensu?

Laura Gallucci - O MBA é um Pós lato sensu. A principal diferença é que um Pós lato sensu é um curso que visa especialização em uma determinada área (por exemplo, Pós em Comércio Exterior ou em Turismo), enquanto um MBA, obrigatoriamente, tem uma carga bastante grande de matérias de Business (o BA do MBA).

 

 O momento da certificação é aquele que o profissional se sente conscientemente preparado para fazer a prova e dizer para o mercado “Sou um Gerente de Projetos”.

Para tirar a certificação PMP – Project Management Professional do PMI – Project Management Institute é exigido participar de um curso com pelo menos 35 horas ou de preferência um curso um pouco mais extenso com carga horária de pelo menos 65 horas para uma boa preparação para realização da prova, afinal de contas, são nove áreas de domínio segundo o PMI.

 

 Depois de você ter sua certificação você precisa manter e fazer a manutenção dessa certificação, mas esse assunto você terá um maior conteúdo no artigo “Manutenção da Certificação PMP. E agora? Como manter a minha certificação?” do Paulo Espínola.

ACESSO

Sugerimos utilizar um e-mail particular e incluir clubegp.com.br como domínio confiável.

Para obter acesso as áreas restritas são necessárias informar seu nome do usuário e senha.

CONHECENDO COM


Fale Conosco

ClubeGP Relacionamento

Pesquisa